11 de jul de 2011

Frio gera dores musculares em idosos

As baixas temperaturas do inverno causam dores em uma grande parcela da população.

E esse incômodo é mais comum nos pacientes com mais de 60 anos, explica o ortopedista Paulo Ricardo da Costa, do Hospital Estadual Albert Schweitzer, na zona oeste do Rio. "Embora existam poucos estudos que liguem a temperatura baixa à dor, essa é uma associação muito comum sentida pelos pacientes idosos. É uma dor que pode ser aguda e até incapacitante. Mas as mais comuns são as dores persistentes, irritantes", explica o médico.

As dores do inverno ocorrem porque a baixa temperatura provoca uma constrição dos vasos sanguíneos - ou seja, os vasos se fecham e há menos aporte de sangue para o organismo. Os músculos ficam mais tensos e podem sofrer contrações involuntárias, o que provoca a dor. Pessoas que já têm doenças como hérnia, artrite e artrose acabam tendo o problema agravado.

Outro fenômeno provocado pelo frio é o espessamento do líquido sinovial, que lubrifica as articulações. "Esse espessamento provoca a dor articular", explica o ortopedista Marcelo Soares, que trabalha na Cardiomex - Clínica Médica Desportiva. O quadro é agravado por posturas ruins ao longo do dia.

A aposentada Selma Maria Margato Marques, de 68 anos, entende bem das dores do inverno. "Eu já não tenho cartilagem entre as vértebras da coluna. É um caso cirúrgico, mas eu me recuso a operar, porque é uma cirurgia muito invasiva. A friagem piora tudo. No inverno, sofro com as dores 24 horas por dia", conta. Selma sabe, no entanto, que abre mão de um importante aliado no combate ao desconforto - o exercício físico. "Estou esperando o tempo melhorar para frequentar a Academia da Terceira Idade", diz, referindo-se a um programa da prefeitura do Rio, que instalou pela capital do Estado três dezenas de módulos de aparelhos para ginástica, voltados aos idosos.

Prevenção. O exercício físico alivia a dor porque protege os músculos e previne cãibras. O alongamento também evita o encurtamento dos músculos. Movimentar-se, mesmo dentro de casa, também é importante.

Drº Costa lembra que o idoso deve ser mantido aquecido, por ser mais sensível ao frio, mas é preciso evitar a sobreposição de roupas, que causa transpiração. "Idosos e crianças têm maior facilidade para a desidratação. É preciso garantir a mesma ingestão de líquidos do verão para evitá-la", explica.

Fonte: http://migre.me/5e5Q7

Nenhum comentário: