5 de jul de 2010

Inverno requer cuidado especial com idosos

Termômetro marcando índices abaixo de 20 graus é sinônimo de comemoração para quem gosta do charme do inverno, com suas roupas elegantes e deliciosas bebidas quentes. Contudo, para as pessoas com mais de 60 anos é uma das estações que requer mais atenção. Dentre os problemas de saúde mais freqüente entre os idosos nos meses de baixa temperatura estão doenças respiratórias e dores reumáticas.

Cristina Ribeiro, fisioterapeuta especializada em gerontologia, destaca que é natural o declínio fisiológico ao longo do processo de envelhecimento, resultando em redução de imunidade e doenças como diabetes, problemas respiratórios e complicações cardiovasculares, bem como dificuldade de movimentação. As variações de temperatura acentuam algumas dessas situações, demandando atenção redobrada no inverno.

A gripe é uma das doenças mais comuns no inverno para a população em geral. Contudo, no caso dos idosos, o risco de resultar em óbito é maior por causa da imunidade reduzida. Por isso, o Ministério da Saúde promove anualmente a Campanha Nacional de Vacinação para pessoas com mais de 60 anos no intuito de prevenir tanto a gripe comum como a Influenza.

Além da vacina, é importante adotar medidas simples, como: evitar aglomerações ou ficar próximo de pessoas gripadas; manter os ambientes arejados, deixando as janelas abertas pelo menos algumas horas do dia para a circulação do ar; ingerir água ou líquidos para facilitar a eliminação de possíveis secreções nos pulmões; e, algumas vezes, realizar respirações profundas para “estimular” a circulação de ar nos pulmões, uma vez que com o envelhecimento ocorre um aumento da rigidez na musculatura respiratória, dificultando as trocas gasosas.
 
Para acessar este artigo:
http://migre.me/Urgb
 
 
 

Nenhum comentário: