27 de mai de 2010

Doença de Parkinson e lançamento de livro



Michael J. Fox, ator que interpretou McFly na trilogia "De volta para o futuro", depois de construir uma carreira de 25 anos como astro de cinema e TV, o ator veio a público em 1998 para revelar que sofria da Doença de Parkinson.

Entre os sintomas do Parkinson estão a perda de expressão facial, a dificuldade da fala, rigidez e tremor. Em 2000, M.J. Fox criou a Fundação Michael J. Fox, uma instituição cujo principal objetivo é descobrir a cura do Parkinson e que se tornou referência no mundo. “Eu acredito que nossas vidas são suficientemente amplas para que os sucessos superem as decepções. Se você se dá a oportunidade de que alguma coisa boa aconteça, este será seu caminho instintivamente”.

Em 2002, ele lançou o livro "Lucky man" ("Homem de sorte", em tradução livre, inédito no Brasil), em que narra como foram os primeiros anos de convívio com o Parkinson.

E no final do ano passado, ele publicou "Um otimista incorrigível", um relato autobiográfico sobre seus últimos dez anos de vida. “O livro começa na minha saída de "Spin city". Foi ali que eu passei a pensar no que aconteceria, e já estava acontecendo, com minha vida. Trata da doença, claro, mas também das coisas boas que se seguiram, como meu trabalho e minha família. Eu percebi que precisava encontrar uma perspectiva para continuar em frente”, conta Michael J. Fox.

Nenhum comentário: